quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Solidariedade


Muito se houve falar em solidariedade nos últimos dias, mas aí surge uma questão, será que todas as pessoas que se dizem solidárias realmente são? As pessoas que precisam de ajuda a aceitam muito felizes independente de onde venha, porém o estado psicológico delas está abalado e nesse momento essas pessoas não sentem se a ajuda é de coração ou não. Estou colocando essa questão porque existem muitas pessoas que se aproveitam da tristeza e necessidade das outras pessoas para se promoverem publicamente, ou seja, usam a solidariedade para aparecer na mídia ou até mesmo para aliviar a consciência por terem cometido injustiça ou atos que vão contra a lei e os direitos humanos, como exemplo temos os desvios de verbas públicas.
Ser solidário é uma tarefa que poucos executam corretamente, ser solidário é usar o coração para compartilhar o sofrimento alheio, ou seja, colocar-se no lugar das pessoas que estão sofrendo, é saber falar palavras de esperança, alegria, conforto e não apenas a doação de bens materiais. Muitas vezes uma palavra vale mais que qualquer outra coisa e muitas vezes isso é mais que suficiente, então espero que as pessoas que se aproveitam dessas situações e que realmente são mal intencionadas, aprendam um dia o que é ser solidário de verdade, que aprendam a usar o coração para o seu próprio bem e para o bem geral da nação.



Francieli Gollo

2 comentários:

  1. bom dia. .anjinha.. .

    concordo com vc... muitas pessoas se aproveitam de tudo, nao se importão se estão sofrendo ou não... na verdade o sofrimento alheio não é o motivo essencial de sua ação..
    a motivação com certeza é seu próprio intento

    fica bem anjinha. . que nosso Senhor sempre te ilumine..

    beijos

    ResponderExcluir